Catexia

Pois então… o GIMBA finalmente (finalmente, porque há quase três anos eles haviam tocado metade da obra…) estreou a minha peça Catexia, Op. 25. A gravação ocorreu no Teatro Vila Velha, durante a programação do MAB (Música de Agora na Bahia – http://musicadeagoranabahia.com/).

Catexia foi composta em 2009 para flauta, clarinete, trompete, violino e violoncelo, a partir da noção de ciclicidade como elemento disparador de ideias musicais. Ciclos em diversas de suas feições e em variados níveis do compor. A Catexia é um processo psíquico de vinculação de energia libidinal à representação de uma “ideia”. Aqui, essa ideia é o aparecimento/intromissão marcante de quatro acordes
tonais em contextos não tonais espalhados pela forma. Nessa plêiade, o trompete desempenha um papel de comentador e, por vezes, mediador dos diversos conflitos e influxos ao longo da obra.

A partitura está disponível na seção “Obras” e o áudio da estreia, por sua vez, em “Ouça!”. Boa audição…

ps: comentários são mais do que bem-vindos!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s