sfot poc

Estou finalizando a obra sealguemtemouvidosplicoucasfotpoc, para voz de baixo e seis percussionistas. Essa peça é dedicada ao Núcleo de Percussão da UFBA e ao professor Baguinha (Jorge Sacramento). Postarei em breve a partitura.

sealguemtemouvidosplicoucasfotploc consiste de diálogos esquizofrênicos entre o compositor, Luther King, Kafka, Freud, Castro Alves, Bruno Aleixo, Rui Barbosa, Martin Lutero, Marx e Engels, Adam Smith, o Apocalipse , Lopes Neto e Luis Fernando Veríssimo. A construção do texto é uma brincadeira com a crônica do grande escritor gaúcho Luis Fernando Veríssimo intitulada sfot poc. Nela, Odacir, apresentada um estranho distúrbio que o fazia pronunciar onomatopéias para as diversas pontuações da língua escrita.

Musicalmente, há a expansão gradual de intervalos, desde uma segunda menor até uma sétima maior, a partir de um dos “tetracordes de todos os intervalos”. Com um grande arsenal instrumental, o timbre desempenha um papel preponderante no processo de composição.

Abaixo o texto base para a peça:

e eu digopoc poc

deixe a verdade ultrapassar os altos cumes da montanhaplic

deixehífena ecoar através dos vales da vicejante terra divinapoc

por que issosfotoim poc

em nenhum outro caso eros revela tão claramente o âmago do seu serplic

o interesse pelos artistas da fomepoc plic

o seu intuito deplic de mais de umplic

diminuiu bastantepoc

fazer um únicopoc plic contudoplic

se antes compensava promoverplic por conta própriaplic

quando alcança isso da maneira proverbialplic ou sejaplic

grandes apresentações desse gêneroplic

através do amor de dois seres humanosplic recusahífense a ir alémpoc

hoje isso é completamente impossívelpoc

diz elapoc poc sptamarás a teu próximo como a ti mesmopocspt

marcavahífenseplic assinalavahífense o que se podiaplic de gadoplic

oraplic é muito provável que meu próximoplic

mas mesmo assimplic poucopoc plic agoraplic

quando lhe for prescrito que me ame como a si mesmoplic

o que tocava à bagualadaplic

responda exatamente como o fiz e me rejeite pelas mesmas razõespoc

isso era quase reiúnopocpocpoc

e vencêhífenlospoc plic e deuhífensehífenlhe

é evidente que elesplic certamenteplic não são de natureza temporalplic

poder sobre toda a triboplic

visto que muitos pregadores não os distribuem tão facilmenteplic mas apenas os ajuntampoc

e línguaplic e naçãopoc

que prosperem todos os profetas que dizem ao povo de cristopoc poc

se alguém tem ouvidosplic ouçapoc

spt sptcruzsfot poc cruzsfot pocspt spt sem que haja cruzsfot poc

se alguém tem ouvidosplic ouçapoc

se alguém tem ouvidosplic ouçapoc

se alguém tem ouvidosplic ouçapoc

o século é grandepocpocpoc no espaço

há um drama de treva e luzpoc

um corvo escuroplic anegradoplic

obumbra o manto azuladoplic

das asas dsptáguia dos céuspocpocpoc

arquejam peitos e frontespocpocpoc

será o rugir das matasplic

ou da plebe a imensa vozsfotoim pocpocpocpoc

treme a terra hirta e sombriapocpocpoc

da liberdade no chãosfotoim pocpocpocpoc

habituaishífenvos a obedecerplic para aprender a mandarpoc

quanto mais largas vastidões abrange o saberplic

costumaihífenvos a ouvirplic para alcançar a entenderpoc

tanto mais razão de serem modestos os seus cultorespoc

afazeihífenvos a esperarplic para lograr concluirpoc

a circunferência visual se ensanchaplic

não delireis nos vossos triunfospoc

à medida que a luneta do observatório alcança mais longepoc

para não arrefecerdesplic imaginai que podeis vir a saber tudopoc plic

mas o observador é um pontoplic que se reduz cada vez mais no centro do horizonte sensívelpoc

para não presumirdesplic refleti queplic por muito que souberdesplic

muito há que alguém dissepoc poc stp o sábio sabe que não sabe spt poc

mui pouco tereis chegado a saberpoc

se alguém tem ouvidosplic ouçapoc

se alguém tem ouvidosplic ouçapoc

se alguém tem ouvidosplic ouçapoc

a caça e a pescaplic ocupações mais importantes da humanidade

censuraishífennosplic portantoplic

no estágio primitivo da sociedadeplic transformaramhífenseplic

por querermos suprimir uma propriedade que pressupõe como condição necessária

no estágio social adiantadoplic na diversão mais agradávelplic

que a imensa maioria da sociedade não possua propriedadepoc

sendo que as pessoas fazem então por prazer o que antes faziam por necessidadepoc

numa palavraplic censuraishífennos

portantoplic no estágio social adiantadoplic

por querermos suprimir a vossa propriedadepoc

são todas pessoas muito pobres aquelas

concedeisplic por conseguinteplic

que abraçam como profissão o que para outros é um passatempopoc

que por pessoa não entendeis mais ninguém a não ser o burguêsplic

e esta pessoa tem certamente de ser suprimidapoc

foi a bricaresfotpoc

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s